Com a rotina agitada, comum entre muitas pessoas hoje em dia, nem sempre dá para acordar com disposição para malhar. Essa falta de pique pode se tornar ainda mais frequente no inverno, quando tudo o que mais desejamos é ficar debaixo das cobertas.

Isso mais do que justifica o fato de algumas pessoas ganharem uns quilinhos durante essa época do ano. Entretanto, o frio não deve ser desculpa para deixar de malhar. Para conquistar um corpo bonito e saudável, é preciso se exercitar durante o ano inteiro, independentemente de estar frio ou calor.

Uma dica para evitar a indisposição para malhar durante o inverno é acertar na forma de se vestir. Por isso, continue a leitura e confira agora algumas dicas de roupas para malhar no inverno e se manter bonita e saudável, sem passar frio!

Escolha os tecidos certos para as roupas para malhar no inverno

Na hora de escolher uma roupa para malhar, além de avaliar o conforto e a liberdade de movimento que ela proporciona, é muito importante também optar pelos tecidos certos.

Isso porque, quando nos exercitamos, a temperatura do nosso corpo aumenta – você pode perceber isso quando começa a sentir calor durante a atividade física. Para aliviar esse calor, o corpo passa a transpirar.

Na hora em que começamos a suar, é muito importante que o tecido da roupa utilizada permita a respiração da pele. Uma roupa de algodão, por exemplo, pode atrapalhar esse processo natural de resfriamento do corpo, pois, como o material não permite que a pele respire, acaba criando uma barreira e o suor fica alojado na roupa.

Isso, além de ser desconfortável – afinal, quem é que gosta de ficar encharcada de suor, não é mesmo? –, pode deixar a pessoa com mais frio ainda quando o ar entrar em contato com a roupa molhada de suor.

Boas opções de tecidos para malhar, tanto no inverno como no verão, são os tecidos sintéticos e os tecidos tecnológicos. Esse tipo de tecido ajuda na termorregulação do corpo e a manter a temperatura sem que você fique encharcada de suor!

Aposte nas jaquetas

Não que você necessariamente tenha de malhar de jaqueta no inverno; afinal, o corpo esquenta logo depois que você começa a se movimentar. Porém, aposte nas jaquetas para começar o treino e, assim que o corpo estiver quente e você começar a sentir calor, basta tirar.

Você já ouviu falar no efeito “casca de cebola”? Trata-se de colocar várias camadas de roupas para se esquentar e, assim que o corpo começar a aquecer com a movimentação, é só ir tirando.

Essa técnica, inclusive, é muito indicada para quem malha no inverno, principalmente em lugares com neve. Como o inverno no Brasil não é tão rígido, apenas uma camiseta de poliamida e uma jaqueta “corta vento” – aquelas que não deixam passar nem vento, nem água – já é o suficiente. Nos dias mais frios, você pode complementar o visual com luvas, polainas e gorros.

Opte pelas calças mais compridas

Como malhar esquenta bastante o corpo, é normal ir malhar de shorts curto ou legging até o joelho. Entretanto, o ar gelado do inverno nas pernas pode ser bem desconfortável. Por isso, para manter o corpo todo aquecido, aposte nas leggings que vão até o tornozelo ou nas calças mais larguinhas, como as de moletom.

Os macacões compridos também podem ser uma ótima escolha. Se preferir manter as pernas um pouco mais aquecidas, combine suas leggings com as polainas de lã!

Use e abuse dos coletes

O colete é uma das peças mais marcantes nos looks fitness de inverno. Se você ainda não tem um no seu armário, está na hora de pensar em adquirir.

Por ser uma peça extremamente versátil, combina muito bem tanto com as leggings como com as calças mais largas, assim como macacões, tops e regatas. Para não errar, escolha um de tecido “corta vento” e em cor básica, para combinar com tudo!

Usando as peças certas, é possível malhar no inverno sem passar frio e sem perder o charme! Agora que você já aprendeu como se vestir para malhar no frio, veja também nossas dicas para correr na chuva sem se resfriar!