Para quem é apaixonado por esporte e roupas fitness, seja atleta amador ou profissional, a busca pela melhor performance é contínua. Para auxiliar o praticante a perseguir seus objetivos, conquistando os resultados que almeja, a indústria têxtil vem se dedicando cada vez mais às pesquisas de desenvolvimento, lançando novidades que vão além da moda. Os tecidos tecnológicos, que ganham cada vez mais destaque entre os esportistas, são uma delas.

Neste post, você conhecerá um pouco mais sobre algumas das opções disponíveis no mercado e quais são os benefícios dos materiais. Vamos lá?

1. Dry ou Supplex

Por além de termos patenteados (a expressão Dry-fit é propriedade da Nike, por exemplo), o material é produzido a partir da poliamida e auxilia no controle da umidade da pele. A missão dos fios tecnológicos é conduzir a transpiração para as extremidades do tecido, favorecendo a evaporação do suor.

A tecnologia é especialmente indicada àqueles que praticam exercícios de alta intensidade ou treinos mais longos (maratonas, triatlo etc.), uma vez que permite mais liberdade de movimentos e mais conforto durante os treinos.

2. Emana

Sucesso estrondoso na ala feminina, o tecido é famoso por atenuar os sinais da celulite, uma queixa recorrente entre quase todas as mulheres. Sua composição inclui cristais bioativos e minerais que emitem infravermelhos.

A promessa é a de proporcionar uma pele mais lisa e jovial a partir da absorção do calor proveniente do exercício, favorecendo a bioestimulação do organismo. A bioestimulação, por sua vez, melhora o rendimento físico ao demandar consumo reduzido de oxigênio durante a atividade.

3. X-Bio

Um dos maiores incômodos para quem pratica atividade física é o odor geralmente desagradável que acompanha o suor. No caso do X-Bio, a tecnologia do tecido impede a proliferação de bactérias e, por isso, contribui para evitar a incidência de cheiros embaraçosos — e possíveis doenças relacionadas à transpiração.

O material ainda conta com proteção contra raios UV (ideal para atividades ao ar livre) e proporciona proteção térmica semelhante ao tecido da linha Dry-fit.

4. Energy

Nem só de solo firme vive um atleta. Para os que optam por esportes aquáticos, trata-se da tecnologia ideal. O tecido, além de absorver rapidamente a transpiração, também possui um sistema de secagem rápida que minimiza o desconforto e a sensação prolongada de roupa molhada. Além disso, é bastante resistente ao cloro e protege a pele dos raios solares.

Em função de suas características, o Energy é comumente indicado para esportistas que alternam solo e água, pois reúne benefícios ligados às duas condições de ambientes.

As inovações no segmento esportivo são cada vez mais surpreendentes e contribuem para que os atletas consigam melhorar seu desempenho de forma consistente. Em competições oficiais, é muito comum observar a predominância dos tecidos tecnológicos entre os melhores colocados, o que é mais um indício da eficiência dos materiais.

Agora que você já conhece alguns dos tecidos tecnológicos disponíveis no mercado, pode partir para a seleção do que melhor encaixa-se à sua rotina esportiva. Gostou do conteúdo? Então compartilhe com seus amigos em suas redes sociais! 

Legging e Top Emana
Legging e Top Emana